Dicas para pedalar no frio 1

Dicas para pedalar no frio

Com o verão ficando para trás e o inverno batendo na porta, muita gente acaba perdendo o ânimo para pedalar. Mas, se o sofá e as séries estão te chamando, lembre-se que andar de bike no inverno não significa sofrer no frio!

Por isso, confira as dicas abaixo e aproveite!

Dicas para pedalar no frio 2
Foto: Paulo Prezoto

1 – Use camadas de roupa

A dica mais essencial é utilizar várias camadas de roupa mais fina, ao invés de usar uma camada mais grossa. Apostar nessa estratégia é mais eficiente porque, além de permitir um melhor controle da temperatura, o ar preso entre as camadas funciona como isolante térmico, permitindo que você fique mais aquecido, com roupas menos pesadas.

Um bom ponto de partida é usar uma segunda pele por baixo da camisa de pedalar. Apesar das mais caras e avançadas serem melhores, os modelos baratinhos, tipo aqueles que lembram uma meia calça, já são uma baita mão na roda. 

Se o frio for mais intenso, as jaquetas ou coletes corta vento podem ser utilizados por cima da camisa. A vantagem é que, dobradas, elas ficam super compactas, podendo ser armazenadas no bolso traseiro sem dificuldades. 

Os manguitos e pernitos também ajudam bastante, e de quebra ainda protegem contra os raios do sol – quem nunca esqueceu o protetor no inverno? 

Além disso, ambos podem ser retirados durante o pedal.

2 – Aposte em um corta-vento para bicicleta

A jaqueta ou colete corta vento é uma excelente aliada contra o frio. Como citamos acima, ela é bem compacta e pode ser facilmente transportada. Porém, neste caso, vale a pena investir em um modelo criado especialmente para o pedal.

Dicas para pedalar no frio 3
Foto: Paulo Prezoto

A corta vento de ciclismo costuma ter o zíper frontal grande, aberturas de ventilação em pontos estratégicos e um corte que permite que ela fique bem ajustada na posição que o corpo fica quando pedalamos. Algumas ainda possuem faixas reflexivas, que ainda melhoram sua segurança. 

3 – Proteja cabeça, pescoço e as mãos

O corpo humano perde muito calor pela cabeça, e a imensa maioria dos capacetes de bicicleta são desenvolvidos para melhorar a ventilação ao máximo. Por isso, uma ótima pedida é se proteger com uma touca, bandana ou até mesmo um boné de ciclismo usado por baixo do capacete. 

Outra opção é utilizar bandanas estilo ecohead para proteger o pescoço, algo que também ajuda bastante a manter o corpo aquecido. 

Outra parte que merece um cuidado especial são as mãos. Com luvas de dedo longo, você sofre menos com o frio e não fica com os dedos gelados e duros, algo que até prejudica o acionamento dos comandos da magrela. 

4 – Capriche no aquecimento

Antes de sair pedalando como um maluco, gaste alguns minutos para aquecer o corpo. No começo do pedal, gire as pernas de forma leve e vá aumentando o ritmo aos poucos, ao longo de 15 ou 20 minutos. Quando sentir que o sangue já está circulando bem e as articulações estão bem aquecidas, acelere de forma mais intensa por alguns segundos e voilà, você está pronto para acelerar. 

Dicas para pedalar no frio 4

Lembre-se que fazer força sem aquecer o corpo pode aumentar o risco de lesões em músculos e articulações, principalmente nos joelhos. Em caso de competições, uma das melhores opções é utilizar um rolo de equilíbrio como o TSW Balance. 

5 – Leve mais comida

No frio, seu corpo vai acabar gastando mais energia simplesmente para manter-se aquecido. Por isso, convém levar mais alimentos para não ficar com fome. Você não precisa comer nada diferente do que você normalmente come, apenas aumentar a quantidade. Em pedais com mais de uma hora de duração, lembre-se de ingerir algum alimento fonte de energia de meia em meia hora. 

6 – Reorganize suas coisas

No frio, como o consumo de água costuma ser um pouco menor, uma boa opção é trocar uma garrafinha por um porta-trecos no formato de garrafinha como o TSW Save Tool. Com ele, você pode levar suas ferramentas, remendos e câmara reserva, livrando espaço nos seus bolsos para mais alimentos e, acima de tudo, para as peças de roupa que você vai tirar caso o calor aumente no meio do rolê. 

Dicas para pedalar no frio 5

Outra opção é apostar em acessórios como o Smart Tools Bottle cages, que transporta suas ferramentas básicas e espátulas em uma caixa acoplada ao suporte de garrafinha.

7 – Evite suar

É extremamente importante manter-se seco em dias mais gelados, já que o vento e a umidade vão fazer seu corpo gelar. Por isso, nas subidas mais longas e intensas, abra o ziper da corta vento e até o da camisa se achar necessário. Lembre-se que, no topo da montanha, a temperatura será bem mais baixa – isso para não falar no vento causado pela velocidade na descida!

8 – Aproveite o singletrack

Com o tempo frio e seco, as trilhas estilo singletrack ficam especialmente agradáveis, já que o mato nas laterais costuma ficar menor. Além disso, andar na lama causa a rápida degradação deste tipo de trilha, por isso os meses de inverno são os melhores para quem gosta deste tipo de pedal.

9 – Cuidado com a neblina

No frio, muitos locais ficam sujeitos à incidência de neblina, condição no qual a visualização do ciclista por outros veículos fica prejudicada. Por isso, evite circular em áreas movimentadas nesta situação e, por via das dúvidas, invista em um sistema de iluminação potente, de preferência com um refletor traseiro bastante visível

Dicas para pedalar no frio 6

10 – Treino indoor

Venhamos e convenhamos: dependendo do frio (e principalmente da chuva), muitas vezes vale mais a pena ficar em casa. Afinal, baixa temperatura e corpo ensopado não são muito legais para a saúde. Se sua intenção for realizar um treino bem feito sem sair de casa, muitas vezes rolos fixos como o TSW Quick são opções mais adequadas. 

Dicas para pedalar no frio 7

Lembre-se que, indoor, muitas vezes dá para realizar um treinamento bastante eficiente em uma hora ou menos, principalmente se você apostar nos treinamentos intervalados de alta intensidade. 

No começo, pedalar no frio pode parecer menos agradável do que pedalar no calor. Porém, depois que você aprende as técnicas corretas, os pedais de inverno ficam muito mais agradáveis! 

Agora que você já aprendeu o básico para encarar uma boa volta de bike no frio, deixe o sofá de lado e prepara-se para viver mais uma aventura com a sua magrela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Menu

Quickview

Fechar

Categorias